Formação Profissional Para Atuação em Lazer: Produção Acadêmica no Período de 2005 a 2009

Por: Rosana de Almeida e Ferreira.

2011 24/02/2011

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste trabalho é verificar como a questão da formação profissional, para atuação no lazer, vem sendo discutida no âmbito acadêmico, nos últimos cinco anos (2005-2009). O lazer é uma área que tem se expandido cada vez mais no Brasil, e estudar a formação dos profissionais que trabalham com lazer é de grande relevância, na tentativa de reverter a situação da formação de quadros para essa atuação. No entanto, se por um lado a discussão sobre o lazer é vasta, por outro, muitos profissionais que trabalham nesse campo tem uma visão restrita, em termos de conteúdos culturais, da ação de difusão e participação em tais conteúdos, e no sentido de mediação de valores. Faz-se necessária uma compreensão mais ampla das questões relativas ao lazer e de seu significado para o ser humano, uma vez que na sociedade, o problema relacionado à qualificação profissional pode implicar na promoção do lazer centrado em uma concepção funcionalista e, muitas vezes, reforçada pelo senso comum. Um outro ponto relaciona-se com as disciplinas vinculadas ao lazer, as quais foram, aos poucos, se proliferando nos cursos de Educação Física, e apresentavam, em sua maioria, a difusão do lazer numa perspectiva reducionista, ou seja, restrito a brincadeiras, jogos e outras ações de caráter ocupacional. O presente trabalho configura-se como uma pesquisa de natureza qualitativa e quantitativa. Quanto ao tipo, caracteriza-se como pesquisa bibliográfica, a partir de um levantamento de teses e dissertações no período de 2005 a 2009. Foram analisados oito trabalhos, sendo duas teses de doutorado e seis dissertações de mestrado. A Região Sudeste teve destaque, pelo número maior de pesquisas realizadas sobre a temática em questão, nos últimos cinco anos, e também, pela produção em universidades públicas. Quanto à área de atuação dos pesquisadores, a maioria é da Educação Física. A questão da formação profissional evidenciou-se na maioria dos trabalhos, de maneira crítica, alertando para problemas existentes com relação à formação dos profissionais. Uma das críticas apontadas salienta a visão restrita do lazer por parte dos alunos/profissionais. Embora com objetivos e públicos alvos distintos, ficou evidente nas pesquisas analisadas, a preocupação com a questão relacionada à formação profissional, para atuação no lazer. Propostas para políticas públicas de formação profissional, além de propostas metodológicas para a mediação na formação dos profissionais, são algumas demonstrações das preocupações e apontamentos na tentativa de rever a situação de quadros para atuação no lazer.

Endereço: https://www.unimep.br/phpg/bibdig/aluno/visualiza.php?cod=800

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.