Forró Universitário: a Tradução do Forró Nordestino no Sudeste Brasileiro

Por: Antonio Carlos de Quadros Junior e Catia Mary Volp.

Motriz - v.11 - n.2 - 2005

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo foca o Forró Universitário (FU) e visa esclarecer o histórico desta dança, no que diz respeito às suas origens. O estudo objetiva investigar a origem do FU. Para atingir o objetivo a literatura pertinente foi investigada. A origem do nome forró tem três versões. A mais conhecida é que viria da expressão inglesa "for all" e a mais embasada cientificamente é que derivaria da expressão africana "forrobodó". No início da década de 90, a partir das festas animadas pelo forró pé-de-serra, os universitários do sudeste do Brasil interessaram-se pelo ritmo, desenvolvendo-o no que passou a denominar-se FU. Este nada mais é do que o tradicional pé-de-serra incrementado por outros ritmos e instrumentos além do trio zabumba, sanfona e triângulo. Assim, conclui-se que o FU originou-se nos meados das décadas 1990 e 2000, e que é basicamente constituído pelo Baião, pelo Xote, e, menos freqüente, pelo Xaxado. Palavras-chave: Dança de Salão, Forró, Forró Universitário, Xote, Baião.

Endereço: http://www.rc.unesp.br/ib/efisica/motriz/11n2/12JAC.pdf

Tags: Nenhuma cadastrada :(

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.