Freqüência Cardíaca na Prescrição de Treinamento de Corrredores de Fundo

Por: Frederico Castro Branco, Jeferson Macedo Vianna e .

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.12 - n.2 - 2004

Send to Kindle


Resumo

O objetivo desse trabalho foi construir equações para predição da FC máxima (FC máx.) e da FC de treino (FC Tr) em corredores de fundo, além de comparar a validade da aplicação de predições generalizadas da FC máx. e da FC Tr no grupo estudado. 14 corredores foram submetidos a teste progressivo na esteira ergométrica que consistia basicamente em incrementos de 1 Km/h a cada minuto até a exaustão, sendo a velocidade inicial de 8 Km/h. Foram medidos FC e consumo de oxigênio (VO2). Comparou-se a FC máx. observada com a predita por diversas equações generalizadas e foram propostas duas equações específicas para corredores: FC máx.= 204,8 – 0,7 * idade ; %FC máx. = 0,58 * %VO2 máx. + 42,45. Esta última foi comparada à proposta de Marion et al. (10). A FC máx. observada nos corredores foi menor que a predita pelas equações, mas apresentou declínio relacionado à idade semelhante. A equação para predição da FC Tr apresentou baixo erro padrão de estimativa (3,8%) e alto índice de determinação (R2 = 0,90), sugerindo que a intensidade de treino pode ser determinada com razoável precisão pela FC. A equação de Marion difere da dos corredores, sobretudo em cargas baixas. PALAVRAS-CHAVE: Freqüência Cardíaca Máxima, Consumo de Oxigênio.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/issue/view/49

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.