Funcionalidade e Fatores Associados em Idosos Participantes de Grupo de Convivência

Por: Lorenna Sousa Santos, Luciana Araújo dos Reis, Marilene Almeida Mendonça, Maykon dos Santos Marinho, Paloma Almeida e Shirlei Macllaine Barbosa Andrade.

Revista da Associação Brasileira de Atividade Motora Adaptada - v.18 - n.1 - 2017

Send to Kindle


Resumo

Este estudo tem o objetivo de analisar os fatores associados à funcionalidade de idosos participantes de um grupo de convivência. Trata-se de uma pesquisa do tipo exploratório, descritivo e analítico, com delineamento transversal e abordagem quantitativa, subprojeto do projeto: Programa Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas sobre o Envelhecimento humano: Ações de cuidado e atenção ao idoso. Os instrumentos de coleta de dados utilizados foram: um questionário sociodemográfico, Índice de Barthel, Escala de Lawton e Brody e o Whoqol-bref. Verificou-se uma maior distribuição de idosos do sexo feminino, alfabetizados, vivendo sem companheiro e com renda familiar de 1 a 3 salários mínimos. A maioria dos idosos apresentou algum tipo de problema de saúde, dependentes para Atividades Básicas de Vida Diária e dependente para Atividades Instrumentais de Vida Diária.  O estudo demonstrou que a maioria dos idosos eram dependentes de familiares para a realização de alguma atividade de vida diária, o que compromete a qualidade de vida destes idosos. Os resultados apontaram também uma grande interferência da presença de doenças crônicas na funcionalidade dos indivíduos, principalmente no que diz respeito a atividades instrumentais de vida diária, causando aos idosos a perda de sua autonomia.

Endereço: http://www2.marilia.unesp.br/revistas/index.php/sobama/article/view/7274

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.