Futebol e Homofobia: as Percepções de Um Grupo de Graduandos em Educação Física

Por: , e William Charles Osório Gomes.

Arquivos em Movimento - v.15 - n.1 - 2019

Send to Kindle


Resumo

Este estudo busca entender as experiências e percepções de um grupo de estudantes do curso de licenciatura em Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) sobre a homofobia no contexto do futebol. Para a coleta dos dados, utilizamos um o questionário dividido em três partes: perfil, ofensas verbais e homofobia. Responderam a este questionário 62 graduandos. Foram escolhidos futuros professores de Educação Física, entendendo-os como agentes formadores de cidadãos que podem contribuir para a desconstrução de padrões hegemônicos, proporcionando aos alunos percepções críticas sobre a sociedade em que vivem. Concluímos que os sujeitos entendem como homofobia o trato com desrespeito e inferioridade para com o indivíduo homossexual e que os xingamentos, mesmo no contexto ritualizado do esporte, colaboram para reforçar discursos preconceituosos e discriminatórios no futebol.

Referências

BANDEIRA, Gustavo Andrada. Um currículo de masculinidades no estádio de futebol. Revista Brasileira de Educação. Rio de Janeiro, v. 15, n. 44, p. 342-351, mai/ago, 2010.

BANDEIRA, Gustavo Andrada. SEFFNER, Fernando. Futebol, gênero, masculinidade e homofobia: um jogo dentro do jogo. Espaço Plural, Paraná, v. 14, n. 29, p. 246-270, 2013.

______. Aranha, Macaco e Veado: o legítimo e o não legítimo no zoológico linguístico, nos estádios de futebol. Revista Movimento, Porto Alegre, v. 22, n. 3, p. 985-998, jul/set, 2016.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1988.

BORILLO, Daniel. A homofobia. In: LIONÇO, Tatiana; DINIZ, Debora. Homofobia e Educação. Brasília: Letras Livres, 2009, p. 15-46.

BUTLER, Judith. Problemas de Gênero: Feminismo e Subversão da Identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

______. Bodies That Matter: On the discursive limits of “sex”. New York: Routledge, 2011.

CUNHA JÚNIOR, Carlos Fernando Ferreira de.; MELO, Victor Andrade de. Homossexualidade, educação física e esporte: primeiras aproximações. Revista Movimento, Porto Alegre, v. 3, n. 5, p. 18-24, 1996.

ELIAS, Norbert; DUNNING, Eric. O lazer no espectro do tempo livre. In: ELIAS, Norbert; DUNNING, Eric. A busca da excitação. Lisboa: Difel, 1992, p. 144-156.

FRANZINI, Fábio. Futebol é “coisa pra macho”? Pequeno esboço para uma história de mulheres no país do futebol. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 25, n. 50, p. 315-328, jul/dez, 2005.

GOELLNER, Silvana Vilodre. Mulheres e futebol no Brasil: entre sombras e visibilidade. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte. São Paulo, v. 2, n. 2, p. 143-151, abr/jun, 2005.

JUNQUEIRA, Rogério. Homofobia: limites e possibilidades de um conceito em meio a disputas. Bagoas: estudos gays – gêneros e sexualidades, v. 1, n. 1, Natal, p. 1-22, jul/dez, 2007.

MARRA, Pedro Silva. “Ei, juiz, vai tomar no cu”: políticas torcedoras e do futebol e sonoridades de xingamentos em performances masculinas. FuLiA/UFMG, v. 2, n. 2, mai./ago., 2017.

MORAES E SILVA, Marcelo. Entre a ilha deserta e o arquipélago: mapeamentos e Cartografias das percepções de professores (as) sobre as Masculinidades produzidas nas aulas de educação física. 2008. 216f. Dissertação (Mestrado em Educação). Curitiba: Setor de Educação, Universidade Federal do Paraná, 2008.

PINHEIRO, Zuleira de Andrade Câmara. LUDWIG, Márcia Pinheiro. Masculinidades deslocadas: é possível falarmos em ‘donos da casa’? Serviço Social & Realidade. São Paulo, v. 17, n. 2, p. 215-250, 2008.

PINTO, Mauricio Rodriguez. ALMEIDA, Marco Bettine. As torcidas queers em campo: a emergência de grupos que questionam a homofobia e o machismo no futebol. Revista Brasileira de Estudos do Lazer, Belo Horizonte, v. 1, n. 2, p. 105-116, agosto, 2014.

PRADO, Vagner Matias do. “Fica no gol para pegar as bolas”: Educação Física Escolar e o dispositivo da (homo)sexualidade. In: DORNELLES, Priscila Gomes; WENETZ, Ileana; SCHWENGBER, Maria Simone Vione (Orgs.). Educação Física e Sexualidade: Desafios Educacionais. v.1. Ijuí: Ed. Unijuí, 2017.

ROSA, Marcelo V. da. Educação Física e Homossexualidade: investigando as representações sociais dos estudantes do Centro de Desportos/UFS. Motrivivência, Santa Catarina, n. 19, 2002.

SANTOS, Luciene Neves. Corpo, gênero e sexualidade: educar meninas e meninos para além da homofobia. 2008. 136f. Dissertação (Mestrado em Educação Física). Florianópolis: Centro de Desportos – Universidade Federal de Santa Catarina, 2008.

WELZER-LANG, Daniel. A construção do masculino: dominação das mulheres e homofobia. Revista Estudos Feministas, Santa Cataria, v. 9, n. 2, p. 460-482, 2/2001.

Endereço: https://revistas.ufrj.br/index.php/am/article/view/21879

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.