Futebol, Emoção e Sociabilidade: Narrativas de Fundadores e Lideranças dos Movimentos Populares de Torcedores no Rio de Janeiro.

Por: Rosana da Câmara Teixeira.

Esporte & Sociedade - v.8 - n.21 - 2013

Send to Kindle


Resumo

Nesse texto pretende se refletir sobre o  surgimento dos movimentos populares de torcedores no Rio de Janeiro, observado, especialmente, a partir de fevereiro de 2006. Inspirados nas “barras bravas” sul-americanas, especialmente naquelas vindas da Argentina, revelam discordâncias em relação ao tipo de ação das  torcidas organizadas, defendendo uma forma de sociabilidade torcedora distinta que parece indicar novos sentidos atribuídos à paixão pelo futebol. Os novos agrupamentos torcedores definem-se como movimentos de arquibancada, sem rixas, que pretendem inaugurar um “novo conceito de torcida”. Esse estudo tem como objetivos discutir características desse tipo de sociabilidade, e sentidos atribuídos ao futebol, assim como, o impacto da criação de tais associações, no sistema de relações entre as torcidas, e destas, com os clubes. Essas análises preliminares têm como fundamentos metodológicos, relatos orais de fundadores e lideranças dos movimentos, a partir de uma perspectiva antropológica.  

Endereço: http://www.uff.br/esportesociedade/

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.