Futebol Libertário: Compromisso Social na Medida

Por: Fábio Silvestre da Silva, Francisco Helder da Silva Oliveira, Marcelo Arruda Piccione e Roberta Freitas Lemos.

Psicologia: Ciência e Profissão - v.28 - n.4 - 2008

Send to Kindle


Resumo

Baseados na Constituição de 1988 e no Estatuto da Criança e do Adolescente, de 1990, o Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Interlagos (CEDECA Interlagos) traz um relato de experiência de uma metodologia alternativa de acompanhamento de adolescentes inseridos em medidas socioeducativas em meio aberto na região da Capela do Socorro e Parelheiros. Essa proposta utiliza o futebol como meio que possibilita ao adolescente refletir sobre sua realidade e suas práticas cotidianas, reconhecendo suas possibilidades de se desenvolver como sujeito de direito e de se tornar protagonista no que diz respeito às ações que busquem sua promoção social e a construção e o exercício da cidadania ativa. É possível observar que, com esse tipo de linguagem, mais próximo do desejo desses jovens, os mesmos atribuem um novo sentido ao acompanhamento a que foram submetidos. Na lógica socioeducativa, procuram superar obstáculos no sentido de buscar cada vez mais seu protagonismo, sua autoria, para reafirmar o que o ato infracional revelou, que é a busca por ser sujeito.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932008000400014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.