Futebol - Outras Cidades - Codó

Por: .

Atlas do Esporte do Maranhão.

Send to Kindle


CODÓ

 

1928 – fundado em 28 de novembro o FABRIL - Sociedade Recreativa Fabril –entre seus fundadores, Palmério Cantanhede, Anadilino José Bayma, Sebastião Archer da Silva, Deolindo Rodrigues, Raul Serra Martins (Bigodão); e outros;

1947 – surgiu em 15 de agosto o NACIONAL – Sociedade Esportiva Cultural Nacional – fundadores: Walter Zaidan Gonçalves, Jamil Murad,José Merval Cruz, Emílio Murad, Antonio Muniz, Reinaldo Zaidan e outros; o Nacional, como clube esportivo, tem obtido os maiores êxitos; sacrou-se penta-campeão em campeonatos intermunicipais; Outros clubes de destaque: América, Cruzeiro;

FAUSTO SANTOS – o Maravilha Negra, nascido no povoado Eira, em 28 de janeiro de 1905, filho de José de Deus Belford e Maria José de Jesus; tinha como irmãos Raimundo Nonato Belfort, Rufino Nonato Belfort, Maria de Jesus Muniz, e Maria Angélica Belfort; em companhia de sua tia Rosa Elvira Giudice dos Santos muda-se para o Rio de Janeiro; apaixonado por bola, jogava pelada com os amigos de rua, quebrando vidraças das casas; seu primeiro contrato deu-se com o Esporte Clube Bangu, como meia-direita; do Bangu, transferiu-se para o Vasco da Gama, como centroavante; 1929 – Fausto Silva torna-se campeão carioca, pelo Vasco da Gama, que além do codoense, contava com Jacaré, Brilhante, Itália, Tinoco, Moises, Pascoal,Oitenta e Quatro,Russinho,Mário Matos e Santana; 1930 – participou da Copa do Mundo, chamando a atenção, recebe propostas para jogar na Europa; percorreu toda a Europa, participando de grandes eventos esportivos, fixando-se na Espanha, atuando pelo Barcelona; deslumbrado com os prazeres da vida noturna de Barcelona, colheu sérios problemas físicos que lhe abalaram a saúde; 1934 – Fausto regressa ao Brasil, contratado pelo Flamengo, porém não toma parte da Copa de 1934; dirige-separa a República do Uruguai, onde é contratado para defender o Nacional de Montevidéu; o pulmão já estava comprometido; - volta ao Brasil, jogando no Flamengo como zagueiro central, ao lado de Domingos da Guia e Jarbas; 1939 – Fausto morre na cidade mineira de Santos Dumont, em 28 de março; fora em busca de recuperação física e da saúde perdida.

 

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.