Futebol Profissional: o Mercado e as Práticas de Liberdade.

Por: e .

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.27 - n.3 - 2013

Send to Kindle


Resumo

A proposta deste artigo foi entender a relação entre a estrutura vigente do futebol profissional, que coloca os atletas em um mercado de trabalho restrito, e as práticas de liberdade como forma de posicionamento dos atletas diante da estrutura que, ao mesmo tempo, valida e controla as suas carreiras. Dessa forma, o texto foi estruturado de modo a discutir o Esporte Moderno e o controle que a Federação Internacional de Futebol (FIFA) exerce sobre futebol profissional, a mercadorização e a circulação dos jogadores brasileiros em busca dos mercados futebolísticos no exterior. Por meio de uma pesquisa bibliográfica, as práticas de liberdade foram discutidas a partir de dois episódios envolvendo os jogadores Neymar e Paulo Henrique Ganso, para entender como as suas reivindicações seguem rumos distintos. Como resultado as práticas de liberdade no futebol consistem na ação dos atletas em não se deixarem reduzir à condição de "peça" ou de "mercadoria"

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1807-55092013000300006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.