Futebol, Raça e Identidade Nacional: Uma Análise do Desempenho dos Jogadores nos Jogos Preto X Branco

Por: e Bruno Otávio de Lacerda Abrahão.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.39 - n.2 - 2017

Send to Kindle


Resumo

Em São Paulo, nas décadas de 20 e 30 do Século XX, ocorreram partidas de futebol entre jogadores autodeclarados pretos e brancos na comemoração do dia da abolição da escravatura, 13 de maio. Eram os jogos preto x branco. Os autores objetivaram analisar o elogio ao desempenho dos pretos nesses jogos. Para tanto, analisaram as reportagens publicadas pelos jornais paulistanos entre 1927 e 1931. Concluiu-se que os jogos objetivavam integrar e contestar o preconceito no Brasil. Consequentemente emergiram os estereótipos positivos sobre as qualidades corporais da "raça negra" para o futebol. Pensado após a abolição, o efeito ambíguo desse elogio reside no fato de localizar os campos de futebol e as artes como espaços de integração naquela sociedade liberal.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0101-32892017000200183&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.