Futsal Intermittent Endurance Test (fiet): Avaliação e Método Para Individualizar Treinamento Intermitente de Alta Intensidade em Atletas de Futsal

Por: Lorival José Carminatti.

2014 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo foi dividido em três etapas. Na etapa 1 foram investigadas a sensibilidade do Futsal Intermittent Endurance Test (FIET) para discriminar a aptidão aeróbia entre categorias competitivas do futsal feminino, o perfil funcional de atletas de futsal feminino de elite e a sensibilidade do teste para monitorar a evolução da aptidão aeróbia de atletas de futsal avaliada em três momentos de uma temporada competitiva: período preparatório (PP), inicio do período competitivo (PC1) e final do período competitivo (PC2). Sessenta atletas de futsal feminino (sub-17, sub-20 e adulto) realiza ram o FIET e o pico de velocidade (PV) obtido no teste foi utilizado para discriminar a performance das atletas. Na etapa 2 foi realizada a caracterização de carga externa e interna do método de treinamento intervalado específico para futsal (TRIEF) e a verificação da acurácia do método em atingir a zona-alvo de FC (≥90% FCmax). Sessenta e cinco atletas de futsal do sexo feminino e vinte e oito do sexo masculino realizaram o FIET para determinar a FCmax e o PV e duas sessões de treinamento com o Método TRIEF (intervalo de 24h) para comparação das respostas fisiológicas de carga interna (CI) referentes a FC e percepção subjetiva de esforço (PSE) obtidas nas distintas opções do método. O Método TRIEF é constituído por quatro opções de treinamento de corrida intermitente de alta intensidade em sistema shuttle run (distâncias entre 12 e 18 m), sendo que as repetições de corrida realizadas com as opções 1 , 2 e 3 possuem 1 mudança de direção, enquanto que na opção 4 são 3 mudanças de direção de 180º a cada repetição, respectivamente. Na etapa 3 foram avaliados onze atletas de futsal do sexo masculino e onze do sexo feminino. Além do FIET foram aplicadas duas sessões de treinamento com o Método TRIEF (intervalo de 48h) para comparação intra-sujeitos das respostas fisiológicas de CI (FC, PSE e [La]), sendo opção 2 vs. opção 4 e opção 3 vs. opção 4, respectivamente. A comparação das médias foi feita a partir dos valores de FC e [La] aferidos ao final de cada série do treino e da PSE mensurada 15 min após o término da sessão. Como resultados da etapa 1, não foi encontrada diferença significante(p>0,05) no PV entre as categorias sub-20 (16,6 km.h-1) e adulta(16,8 km.h-
1) e ambos foram superiores ao PV da categoria sub Finalmente, foram obtidas fortes evidências de que as sessões prescritas com o Método TRIEF são adequadas e específicas para desenvolver aptidão aeróbia em atletas de futsal
 

Endereço: http://ppgef.ufsc.br/

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.