Ganha Bonito, Perde Bonito: Honra e Corporalidade no Kendo Paulistano.

Por: Guilherme Nanini da Silva Oliveira.

231 páginas. 2013 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

 Esta etnografia tem como objeto a hierarquia no kendo em São Paulo. A pesquisa foi realizada no Bunkyo dojo, academia sediada na Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social, uma grande associação nipo-brasileira no bairro da Liberdade. Esta instituição preconiza a divulgação e a preservação da cultura japonesa no Brasil e abriga o Museu da Imigração Japonesa, uma biblioteca, o Centro de Estudos Nipo-Brasileiros e muitas outras instituições. O kendo é uma prática oriunda do Japão, na qual se luta com espadas de bambu, utilizando um equipamento de proteção. O kendo faz parte do conjunto de práticas denominado budo, que corresponde às práticas marciais japonesas, como karate, judo e aikido. O problema proposto foi analisar como a hierarquia opera para além dos marcadores institucionais reificados. Esse problema leva em consideração que a hierarquia é a estrutura ordenadora da prática e que regula diversas relações de trocas. 

Endereço: http://hdl.handle.net/1884/36871

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.