Gastronomia, Lazer e Cultura: o Caso dos Bolivianos em São Paulo

Por: .

XXV ENAREL - Encontro Nacional de Recreação e Lazer

Send to Kindle


Resumo

Se em tempos idos a alimentação era utilizada para nutrir e saciar o ser humno e restringia-se à vida doméstica, hoje essas relações ultrapassam esses limites e avançam para os restaurantes, praças de alimentação e feiras gastronômicas. Nesse sentido, entendemos que os alimentos, e, consequentemente, a gastronomia, constituem-se um processo histórico, carregado de simbolismos, e dizem muito da estrutura econômica e social estabelecidas em uma determinada comunidade. Os estudos culturais na atualidade buscam, através da investigação de nossas manifestações culturais, trilhar esse caminho, entender nossas ações e motivações, os relacionamentos que criamos e aqueles que afirmamos ou que negamos. Faz parte dessa cultura a gastronomia de um povo. A gastronomia envolve todas as práticas desenvolvidas pelo homem no processo de alimentar-se bem. Esse é o caminho que queremos percorrer. As culturas locais são influenciadas pelas culturas dominantes.

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.