Ginástica: em Busca de Sua Identificação no âmbito Escolar

Por: Albertina Bonetti.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo é analisar se os conteúdos dos Programas de Ginástica I e II, dos Cursos de Formação em Educação Física, do Estado de Santa Catarina, apresentam conhecimentos atualizados de uma pedagogia transformadora, de concepção educacional crítica. Trata-se de uma pesquisa documental, de metodologia qualitativa. Aanálise dos programas foi realizada de forma descritiva interpretativa, através da técnica de análise de conteúdo. Os resultados do estudo demonstraram que, em sua maioria, os conteúdos dos programas das disciplinas de ginástica parecem restringir-se a visão biologista do ser humano, uma vez que os mesmos, ao serem trabalhados, seguem os princípios pedagógicos de uma corrente tecnicista caracterizada pela ênfase no movimento sistemático e mecanizado. No que se refere à bibliografia referenciada nos programas de Ginástica, verificou-se, também, a discussão em torno da concepção biológica e segmentada do ser humano. A visão restrita identificada nos dados analisados, pode ser sustentada na tese da desatualização dos programas das disciplinas, já que estes são documentos formais e praticamente obrigatórios nas Universidades. Nesse caso, é possível considerar que os Programas de Ginástica Ie II, dos Cursos de Formação do Estado de Santa Catarina, não apresentam uma orientação pedagógica voltada ao ensino formal, e, ainda menos, com uma pedagogia transformadora, de concepção educacional crítica.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.