Ginástica e Pedagogia Histórico-crítica

Por: Leandro Henrique Cruz Silva e Renan Santos Furtado.

Conexões - v.17 - 2019

Send to Kindle


Resumo

Objetivo: Trata-se de um relato de experiência que envolveu bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação a Docência (PIBID) da Universidade Federal do Pará (UFPA), do subprojeto do curso de Educação Física. Teve como lócus de intervenção principal a Escola E. E. F. M. Professora Maria Luiza Costa e Rêgo, localizada no bairro do Bengui na cidade de Belém. Enquanto objetivo geral desse relato, buscamos: analisar as possibilidades metodológicas para o ensino da ginástica na escola a partir da abordagem crítico-superado e da pedagogia histórico-crítica. Metodologia: Do ponto de vista metodológico, o trabalho se baseia na metodologia da pesquisa ação, fazendo uso também de consulta em bibliografia especializada. Resultados e discussões: apontamos que o ensino dos fundamentos básicos da ginástica na escola pode se apresentar como um instrumento fundamental para a elevação cultural dos alunos quando articulado com uma sólida teoria pedagógica e com processos metodológicos inovadores. Conclusão: É evidente que o campo profissional da Educação Física brasileira, em especial a área escolar, cada vez mais tem avançado nas suas sistematizações e na socialização de conteúdos e de metodologias inovadoras. Desse modo, consideramos que o estudo em questão adentra nessa perspectiva, podendo inspirar práticas transformadoras.

Endereço: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8653006

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.