Send to Kindle


Resumo

Os processos de avaliação tradicionais pautavam-se nos paradigmas educativos de linearidade e encadeamento, cujo objetivo era classificar e selecionar os indivíduos. Com o avanço do discurso das Ciências Humanas e Sociais, a avaliação ganhou um caráter reflexivo e analítico, e passou a se constituir em um sistema de apoio e orientação para as aprendizagens individuais e coletivas, e sem perder de vista a formação pessoal dos alunos. Apoiado na pesquisa qualitativa, o presente estudo identificou e discutiu as avaliações utilizadas por 14 docentes universitários do Estado de São Paulo que ministram as disciplinas de ginástica nos cursos de licenciatura em Educação Física. Os resultados evidenciaram diferentes formatos de avaliação, quais sejam: teórica; debates; prática/vivência pesquisa; autoavaliação e avaliação entre pares . Nenhum dos docentes esclareceram claramente os critérios de avaliação, ficando a mesma, sobretudo, subjetiva, quatro docente apontaram indícios de utilização dos instrumentos avaliativos na concepção formativa e apenas um docente orienta sua prática durante o processo de ensino-aprendizagem, após analisar o que foi detectado nas avaliações.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1807-55092016000100171&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.