Ginástica Olímpica na Internet: Proposta de Um Ambiente Virtual de Aprendizagem

Por: e Flávia Costa Pinto e Santos.

181 páginas. 2002 03/09/2002

Send to Kindle


Resumo

Ampliar as fronteiras da educação, instrumentalizar os docentes que trabalham com a modalidade esportiva Ginástica Olímpica, desenvolver o espírito de autodidatismo nos jovens estudante: esta foi a proposta desta pesquisa, que apresentou como objetivo principal criar um modelo de ambiente virtual de aprendizagem para a modalidade esportiva Ginástica Olímpica, visando principalmente atender às necessidades de estudantes de Educação Física, mas contribuindo também para a disseminação do conhecimento específico a técnicos, ginastas e população em geral. Hoje temos uma série de fatores que concorrem para uma mudança gradativa nos padrões da educação formal, o que inclui o aumento na utilização dos recursos tecnológicos e o crescente papel da auto-instrução na formação do indivíduo, provocando alteração nas maneiras de transmissão da cultura elaborada, afetando o campo do ensino e pesquisa nas diversas áreas, dentre elas a Educação Física. A criação da página "GO Virtual" visou proporcionar àqueles que a utilizarem acesso a conteúdos constantemente atualizados, podendo passar das noções iniciais ao aprofundamento a partir das navegações direcionadas pelo centro referencial inserido no ambiente de aprendizagem. Após pesquisa bibliográfica e desenvolvimento da primeira versão de uma página na internet, trabalhou-se na validação inter-pares do instrumento, buscando desenvolver um processo coletivo de produção de informações pautado nos métodos da pesquisa-ação, considerando-se a internet como veículo ideal para esta inserção de idéias entre pessoas separadas geograficamente, como foi o caso dos indivíduos da amostra: docentes de disciplinas relacionadas à Ginástica Olímpica em cursos superiores de Educação Física de Minas Gerais e membros do comitê técnico de Ginástica Olímpica da Federação Mineira de Ginástica, órgão dirigente máximo do esporte a nível estadual. A versão inicial da página foi, então, submetida à análise e avaliação dos referidos profissionais em educação Física, em número de 12 indivíduos, com média de 7,16 anos de prática na docência universitária em Ginástica Olímpica, representando 12 entidades que concordaram em participar da pesquisa, o que representou 66,6% do número total de escolas de Educação Física de Minas Gerais, considerada uma amostra representativa. Estes responderam a um questionário de avaliação estrutural, técnica e pedagógica do instrumento, enviando sugestões de modificações e acréscimo de informações para sua publicação na internet, após troca de informações em lista de discussões e fórum virtual disponibilizados no ambiente de aprendizagem. Este processo resultou na padronização de conceitos, termos e ilustrações, na reescrita de descrições técnicas de exercícios da modalidade, aproximando-as de um modelo mais acadêmico, e em modificações na arquitetura das informações. O nome "GAB"- Ginástica Artística Básica", da versão inicial da página, baseou-se no termo aceito internacionalmente para denominação do esporte, mas, por solicitação da Federação Mineira de Ginástica Olímpica Virtual, por ser este o termo oficial adotado no Brasil. Assim foi desenvolvida a segunda versão do ambiente virtual de aprendizagem que deverá estar sofrendo atualizações constantes, para que se possa Ter sempre um referencial dinâmico e interativo de apoio e estímulo à aprendizagem da Ginástica Olímpica.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=1064&listaDetalhes%5B%5D=1064&processar=Processar

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.