Grupos de Convivência Para Idosos Como Espaços de Lazer (também) Para Homens: o Olhar dos Coordenadores em Florianópolis (sc)

Por: e Priscila Mari dos Santos.

Motrivivência - v.28 - n.47 - 2016

Send to Kindle


Resumo

Este estudo investigou como Grupos de Convivência para Idosos (GCI) em Florianópolis (SC) estão se configurando como espaços de lazer para homens. Desenvolveu-se uma pesquisa descritiva exploratória e qualitativa. Participaram quatro coordenadores e uma secretária (representando a coordenação) de cinco GCI, um de cada Região da cidade. Utilizou-se um roteiro de entrevista semiestruturada para investigar os entendimentos de lazer; as compreensões dos GCI como espaços de lazer; e as percepções sobre a participação de homens. Aplicou-se a técnica de análise de conteúdo. Os entendimentos de lazer foram marcados por aspectos funcionalistas (prática de atividades; diversão; fuga dos problemas), sendo estendidos à compreensão dos GCI como espaços de lazer. Enquanto nos GCI Centro e Continente a participação de homens é limitada aos casados, nos GCI Norte e Leste não há limitações. No GCI Sul a coordenadora não tem interesse na participação masculina e geralmente se referiu ao grupo no feminino.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2016v28n47p128

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.