Gym Brasil - Festival Nacional de Ginástica Para Todos

Por: Daniela Bento Soares, e .

Motrivivência - v.28 - n.49 - 2016

Send to Kindle


Resumo

Os festivais ginásticos representam eventos consolidados em muitos países, sobretudo na Europa, promovendo o congraçamento da sociedade por meio de apresentações coreográficas de ginástica. No Brasil, há indícios da oficialização do festival nacional Gym Brasil na década de 1980 embora outros festivais regionais remontem o inicio do século XX. Neste artigo, discutimos as características gerais do evento por meio de uma análise documental, bem como das tendências coreográficas por meio de uma análise dos vídeos da última edição do evento. Observamos que a maior parte dos participantes é do sexo feminino, adolescentes e jovens advindos da região sudeste. As coreografias utilizaram de materiais construídos e/ou adaptados (não oficiais) de pequeno porte com influência da música popular, principalmente samba e axé, com significativa ênfase nos fundamentos técnicos das modalidades gímnicas de competição. Entre os desafios que enfrenta o festival destacam-se: a necessidade de mudanças nas estratégicas de difusão adotadas pela Confederação Brasileira de Ginástica; de oferecer formação continuada durante o evento; de ampliar o número de participantes, especialmente de grupos de outras regiões do país. Todas elas visando maior representação geográfica e diversidade cultural.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2016v28n49p128

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.