Hábitos Alimentares das Atletas de Voleibol do Rio Grande do Norte

Por: Suzet de Araujo Tinoco Cabral e Therbia Maria Guerra.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Sabe-se que o treinamento é um dos fatores importantes para o bom desempenho do atleta. Porém, atualmente, os estudos mostram que a nutrição interfere, como fator exógeno, no processo de crescimento e desenvolvimento do ser humano, influenciando no melhor aproveitamento das potencialidades definidas geneticamente e assim, juntas, contribuem para a melhoria da performance. O objetivo deste estudo compreende identificar os hábitos alimentares das atletas de voleibol da seleção juvenil do Rio Grande do Norte do ano em curso. A população foi composta por 14 atletas do sexo feminino e utilizou-se como metodologia um formulário de registro de alimentos consumidos nas 24h, por um período de 30 dias, sendo cada atleta responsável pelo seu registro ao término de cada refeição. Os resultados mostram que diariamente 100% das atletas têm o almoço como principal refeição, seguindo-se do jantar e o café da manhã apresentando estes, valores de 98,51 % e 95,83% respectivamente. Conclui-se que, apesar de uma grande ingestão de hidrato de carbono, no almoço, no jantar e lanches, a dieta das atletas em questão ainda apresenta-se mal distribuída quanto a freqüência de ingestão por grupos de alimentos, principalmente no café da manhã. Constata-se ainda a necessidade de uma orientação nutricional no que se diz respeito a uma alimentação equilibrada.

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.