Hábitos Desportivos da População Portuguesa

Por: Salomé Marivoet.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Dada a diversidade de práticas desportivas existentes na sociedade actual, torna-se importante não só do ponto de vista acadêmico, como político, conhecer os hábitos desportivos de cada país, a fim de se avaliarem as políticas, e se definirem linhas de orientação capazes de promover o desenvolvimento desportivo de forma integrada. Os países da União Européia realizam este tipo de estudos desde a década de oitenta. Portugal realizou o primeiro estudo em 1988. O presente estudo realizado em 1998 constitui a actualização do anterior, o que nos permite estabelecer linhas de comparação quanto à evolução dos hábitos desportivos na sociedade portuguesa durante a última década. Gom este estudo pretendeu-se estudar o comportamento da população face ao desporto, nomeadamente, o número de praticantes, as modalidades, o perfil social dos desportistas, as razões da prática e da não prática, os potenciais praticantes, e ainda, um conjunto de informação referente ao interesse pelo espectáculo, media, e participação no associativismo desportivo. Foi realizado um inquérito nacional, com base numa amostra representativa da população portuguesa entre os 15 e 74 anos. As principais conclusões do estudo apontam para a estagnação da participação desportiva na última década, para um ténuo acréscimo do desporto de competição, e uma ligeira descida do desporto no âmbito do lazer. Verificam-se aindavariações quanto aos hábitos desportivos segundo o gênero e a idade. Os dados apontam para um aumento da intensidade da prática desportiva e grau de organização.

Comentários


:-)





© 1996-2014 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.