Handebol no Maranhão - Novos Achados

Por: .
Send to Kindle


HANDEBOL NO MARANHÃO – NOVOS ACHADOS...

O Prof. José Maranhão Penha me fez uma visita e me estendeu um envelope pardo, e disse: - Você vai gostar disso... Estava limpando algumas gavetas, e achei...

Abri o envelope e lá estava um punhado de papel datilografado!!! - grampeado e um titulo "HANDEBOL";  na segunda página: COMPONENTES DA EQUIPE - Ana Cátia; Carlos Marques; Célia; Claudia; Cléa; Jose Ribamar; Lyana; Suilan; Teresa. Na terceira: INTRODUÇÃO - a finalidade deste trabalho é transmitir algumas informações que obtivemos sobre a prática do Handebol no Maranhão. Procurando, acima de tudo, demonstrar a grande importância que tal esporte trouxe ao nosso Estado.

Sem identificação da cadeira, ao professor, e sem data. Provavelmente lá dos anos 1988/89 - século passado. Informações prestadas pelos professores Vicente Calderone e Álvaro Perdigão...

Na construção do Atlas do Esporte no Maranhão - e no Brasil... - as informações e dados que aparecem, os informantes ou viram autores do capitulo correspondente, ou viram referência de onde foi extraída a informação. De uma rápida leitura, vi que continha a confirmação de dados já coletados, e publicados nos Atlas... Mais algumas informações novas, e a confirmação de outras... Mas não deixa de ter uma importância grande esse documento - fonte primária!!! Vou fazer o cotejamento com o que já tenho no Atlas, no capitulo referente ao handebol e fazer os ajustes necessários... Vamos ao DESENVOLVIMENTO:

Mary Santos, carioca, jornalista e formada em educação física, na Escola nacional de Educação Física, veio para o Maranhão para ser Diretora do Departamento de Educação Física da Secretaria de Educação do Estado, cujo objetivo era divulgar a Iniciação Esportiva em nosso Estado, tendo apoio de José Sarney que era o Governador do Estado nesta época.

Em 1967, o Professor Nelson Gomes da Silva, contratado através de um convenio entre os Estados de São Paulo e do Maranhão, ministrou o primeiro curso de Handebol, em 120 dias, com uma turma de 25 candidatos, após o término de curso foi realizado o primeiro jogo d Handebol entre os participantes do mesmo.

Relação dos Participantes: Ana Rosa de Sousa Silva; Benedita Duailibe; Clarice Barros Rocha; Dinorah Pacheco Muniz; Elena da Conceição Pereira;  Florileia Tomasia de Araujo; Felicidade Mendes de S. Nascimento; Ivete D´Aquino Castro;  Ivone da Costa Reis; Julio Elias Pereira; Maria José Reis Maciel; Maria das graças R. Pereira; Maria da Conceição Sá melo; Maria da Gloria Castro Fernandes;  Maria de Jesus Carvalho de Brito; Maria do Rosário Silva Maia; Maria do Rosário Silva; Maria da Conceição Santos Sousa; Neide Moreira da Silva; Odineia Trompa Falcão; Pedro Ribeiro Sobrinho; Reginaldo Heluy;  Sebastiana de Carvalho Pires; Sonia Maria dos Santos Rezende.

Em 1970 foi realizado outro curso de handebol, ministrado pelo professor Wilson Carlos dos Santos.

Em 1971 chega ao Maranhão o professor piauiense Jamil de Miranda Gedeon Filho, que veio ministrar um curso de atualização em handebol, tendo como consequência  deste curso difundido o handebol no nosso Estado, sendo também coordenador de Handebol e organizador dos IV Jogos Intercolegiais, tendo como participantes onze colégios da capital (Liceu Maranhense, Normal, Santa Teresa, Conceição de Maria, Cardoso Amorim, Nina Rodrigues, São Luis, Luis Viana, CEMA, SENAC) e 82 municípios, tais como: Imperatriz, Balsas, Barra do Corda, passagem Franca, Timon, Coroatá, Pedreiras, Bacabal, Santa Inês, Chapadinha, Itapecuru-Mirim, Humberto de campos, Rosário, Ribamar,  Viana, Pinheiro, Carutapera, e Guimarães, sendo vencedor no Handebol feminino este ultimo município.

Em 1972, no governo de Pedro Neiva de Santana os Jogos Intercolegiais foram substituídos pelos FEJE (Festival Esportivo da Juventude). Nesta mesma época  chega ao Maranhão os professores Laércio Elias Pereira e Antonio Maria Zacharias Bezerra de Araujo (Dimas) que vão dar continuidade ao trabalho da professora Mary Santos. Claudio Vaz dos Santos foi convidado pelo Governador  Pedro Neiva de Santana, para fazer parte da sua equipe de governo no setor da Educação especificamente na área de Educação Física, ficando responsável pela divisão das modalidades e pela organização dos jogos.

Em 1973, os professores Edivaldo pereira da Silva e Horacio Pires coordenam o 1º.  JEM´S. Neste mesmo ano a equipe do Maranhão participa do 1º. Campeonato brasileiro de handebol juvenil, masculino, ficando em 3º. Lugar.

Em 1974, a equipe maranhense participa do 1º. Campeonato adulto masculino, realizado em Fortaleza – Ceará, ficando também com a 3ª. Colocação. A delegação era formada por Álvaro Perdigão, Luiz Fernando, Luis Philip Camarão (Phil), Sebastião Sobrinho Pereira (Tião), Rubem Goulart (Rubinho) Vicente Calderone Filho, Edivaldo L. da Silva (Biguá), Manoel de Jesus Moraes, Antonio Luis Amaral Pereira, Joel Gomes Costa, José Maria e Raimundo Nonato Vieira.

Em 1976 realizou-se o 2º campeonato brasileiro de handebol no Rio de janeiro, sendo a equipe do Maranhão a campeã, que tinha como técnico o professor Laércio, que só podendo comparecer nos últimos jogos, sendo substituído pelo professor Maranhão. A delegação era formada por: Luis Fernando, Mangueirão, Alvaro, Gilson, Rubinho, Ricardo, Joel, Moraes, Tião, Vicente Calderone e Ivan.

Em 1979, foi realizado o 2º campeonato brasileiro juvenil masculino de handebol em São Luis, sendo campeão a equipe maranhense, que tinha como técnico Vicente Calderone.

JOGOS ESCOLARES BRASILEIROS – JEB´S

1977 – Vice-campeão masc. – Brasilia – DF

           Vice campeão fem. – Brasilia – DF

1978 – 3º lugar masc. – João Pessoa – PB

1979 – 3º lugar masc. – Distrito Federal

1985 – 3º lugar fem. – São Paulo

1986 – 3º. Lugar masc. – Vitória ES

1988 – Campeão masc. – São Luis – MA

JOGOS UNIVERSITÁRIOS BRASILEIROS – JUB´S

1981 – Vice campeão masc. – São Luis

CAMPEONATO BRASILEIRO ENTRE FEBEM

1981 – campeão masc. – Rio de  Janeiro

CAMPEONATO BRASILEIRO ENTRE APAES

1978 – Campeão masc. – Natal – RN

1980 – Campeão masc. – Curitiba- PR

1982 – campeão fem. ´- Belém-PA

1988 – campeão masc. – Norte-Nordeste – São Luis

1988 – campeão fem. – Norte-Nordeste – São Luis

1988 – campeão fem. – Campeão brasileiro – Bauru-SP

CAMPEONATO BRASILEIRO ENTRE COLÉGIOS MARISTAS

1984 – Vice campeão fem. – Belém-PA

1986 – Vice campeão fem. – João pessoa – PB

1988 – Campeão masc. – Fortaleza – CE

           Campeão fem. – Fortaleza – CE

           Campeão fem. – São Luis – MA

          Campeão masc. – São Luis – MA

CAMPEONATO BRASILEIRO ENTRE COLEGIOS BATISTA

1983 – Campeão masc. – Rio de janeiro – RJ

ORIGEM DA FEDERAÇÃO MARANHENSE DE HANDEBOL (FMAH)

Surgiu de um movimento de atleas e professores de handebol em 1975, tendo como primeiro presidente o professor Laércio Elias pereira, nesta mesma época a Federação não era legalizada.

OUTROS PRESIDENTES

1977 – Marcos Gonçalves

1979 – Phill Camarão

1981 – Herberth Schalcer

1982 – a 1987 –Lister Castelo Branco Leão

1988 até os dias atuais (?) Álvaro Perdigão

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.