História, Discurso Político e Realidades do Processo de Integração do Portador de Deficiência Auditiva em Campo Grande Mato Grosso do Sul

Por: Ederly Terezinha Loureiro Dal Moro.

225 páginas. 1997

Send to Kindle


Resumo

A presente dissertação originou-se da experiência da autora com as realidades da Educação Especial no Ensino Fundamental de Portadores de Deficiência Auditiva, e do interesse em equacionar problemas enfrentados pelos ,profissionais da área. Os princípios da integração social norteando a Política Nacional de Educação Especial constituíram referências básicas para a pesquisa. Constatouse ,que em Campo Grande há portadores de deficiência auditiva fora da escola e que se pretende realizar a integração social dos mesmos no ensino regular sem possuir ainda pessoal e equipamentos necessários para que se realize essa inclusão. O ,exame da história da Educação Especial no Estado e o contato com os diferentes sujeitos desse processo mostrou a persistência de situações que favorecem a solução de continuidade de projetos e programas de integração social sob ,responsabilidade de órgãos educativos públicos. Detectou-se impasses políticos, sociais e educativos na educação, quando se analisou as condições em que está se dando o encaminhamento para o ensino regular dos educandos portadores de necessidades especiais. Inúmeras instâncias de atendimento público ao portador foram criadas e desmanteladas nos últimos quinze anos de Política Nacional de ,Educação Especial no Mato Grosso do Sul, dificultando uma avaliação dos resultados alcançados pelos profissionais da área em relação aos princípios macros da Política Nacional. O sucesso da integração social do portador de deficiência ,auditiva, está na dependência de decisões políticas em favor da capacítação de pessoal, da consolidação de serviços básicos de atendimento educacional em todo o ,Estado e na dependência da ruptura com o preconceito em relação aos portadores e à própria Educação Especial. Parcerias mais permanentes entre o pessoal de saúde ,e educação em torno das causas dos educandos portadores de necessidades especiais em geral são desejáveis. Programas mais agressivos de compatibilização dos direitos sociais e civis dos portadores com as decisões estaduais em matéria de ,educação são necessários para que haja integração social com justiça, dignidade, integridade, solidariedade e cidadania.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=582&listaDetalhes%5B%5D=582&processar=Processar

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.