História do Campeonato Brasileiro de Futebol (1971-1987): Para Além da Narrativa da Modernização do Futebol Brasileiro

Por: Daniel Vinicius Ferreira.

Revista Hydra - v.3 - n.5 - 2018

Send to Kindle


.Resumo

Este artigo trata da história do Campeonato Brasileiro de Futebol, desde a sua criação em 1971, até 1987, ocasião em que os principais clubes formaram uma liga e decidiram organizar por si o torneio. Privilegia-se uma análise sobre alguns dos diferentes atores sociais (clubes, confederações, imprensa), e seus interesses, envolvidos com as transformações do torneio, num contexto histórico atravessado por rupturas políticas e econômicas. Por fim, problematizamos, ainda, essa transformação dentro de leituras acadêmicas, considerando que as rupturas no formato do torneio ficariam, em boa medida, consagradas pelo termo de “modernização”, conotando um sentido de “avanço” e de “melhora” no futebol brasileiro.

Referências

DIAS, Luiz Antonio; FARINA, Michelle Cuciol da Silva. “Preto no Branco: A democracia corintiana nas páginas do jornal Folha de São Paulo”. Revista Recorde. n. 2, v. 9, Rio de Janeiro, dez. 2016.

DUKE, Vick. “Local Tradition Versus Globalization: Resistance to the McDonaldization and Disneyization of Professional Football in England”. Football Studies, v. 5, n. 1, Liverpool, 2002.

FERREIRA, Daniel Vinicius. Visões de um jogo e o jogo das visões: as condicionantes para vitória do Coritiba foot ball club no campeonato brasileiro de futebol de 1985. 7 mai. 2013. 196p. Dissertação (Mestrado em História).. Departamento de História, Universidade Federal do Paraná, Curitiba. 2013.

FLORENZANO, José Paulo. A democracia corinthiana: práticas de libertação no futebol brasileiro. 353p. Tese (Doutorado em Ciências Sociais). Departamento de Antropologia Social, Pontifícia Universidade Católica, São Paulo, 2003.

FRANCISCHINI, Sandro Luís Montanheiro. Campeonato Brasileiro de Futebol e a Esportificação do Futebol Profissional (1971-1979). 25 fev. de 2005. 143p. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais). Departamento de Ciências Sociais, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos. 2006.

GIL, Gilson. “O drama do ‘futebol-arte’: o debate sobre a seleção nos anos 70”. Revista Brasileira de Ciências Sociais. n. 25, ano 9, São Paulo, 1994.

HELAL, Ronaldo. Passes e Impasses: Futebol e cultura de massa no Brasil. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 1997.

HOLLANDA, Bernardo Borges Buarque de; MELO, Victor Andrade de. O esporte na imprensa e a imprensa esportiva no Brasil. 1ª edição, Rio de Janeiro: 7 Letras, 2012.

MARCZAL, Ernesto Sobocinski. O “caneco é nosso”: futebol, política e imprensa entre 1969 e 1970. 2011. 347 f. Dissertação (Mestrado em História). Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2011.

MARTINS, Mariana Zuaneti; REIS, Heloisa Helena Baldy dos. “Diálogos críticos sobre a democracia corinthiana como movimento social”. V Congresso internacional de ciências do esporte (CONICE). 2013, Brasília, DF.

MELO, Victor Andrade de. et al. Pesquisa histórica e história do esporte. Rio de Janeiro: Faperj e 7 Letras, 2013.

PRONI, Marcelo Weishaupt. A metamorfose do Futebol. Campinas: Instituto de Economia da Unicamp/Fapesp, 2000. REVISTAS PLACAR, São Paulo: Abril, 1970-1987.

RIBEIRO, André. Os donos do espetáculo: história da impressa esportiva no Brasil. São Paulo: Terceiro Nome, 2007.

RIBEIRO, Luiz Carlos. “Futebol: Por uma História política da paixão nacional”. Revista História: Questões & Debates. n. 57, Curitiba, 2012, p. 15-43

______ “Reordenamento das ligas de futebol: Crise ou nova ordem?” Revista Recorde de História do Esporte. Volume 5, número 1, Rio de Janeiro, junho de 2012.

______ Brasileirão ou torneio Rio- São Paulo? Curitiba, 11 out. 2011. Disponível em: http://nefutebolesociedade.blogspot.com/2011/10/brasileirao-ou-torneio-rio-saopaulo.html. Acesso em: 09 ago. 2018.

SANTOS, Daniel de Araujo dos. Futebol e Política: a criação do Campeonato Nacional de Clubes de Futebol. 2012. 148 f. Dissertação (Mestrado em História). CPDOC, FGV, Rio de Janeiro, 2012.

SARMENTO, Carlos Eduardo. A regra do jogo: uma história institucional da CBF. Rio de Janeiro: FGV/CPDOC, 2006.

TOLEDO, Luiz Henrique de. Lógicas no futebol: dimensões simbólicas de um esporte nacional. 2000. 322 f. Tese (Doutorado em Antropologia) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.

UNZELTE, Celso. O livro de ouro do futebol. São Paulo: Ediouro, 2009.

Endereço: https://doi.org/10.34024/hydra.2018.v3.9081

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.