História da Educação Física no Ensino Primário no Estado do Pará (1889-1900)

Por: Ney Ferreira França,.

2012 15/05/2012

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo é analisar a inserção da educação física como disciplina escolar no ensino primário no estado do Pará, na primeira década do regime republicano, enfocando os métodos que orientaram a sua prática e as mudanças econômicas, políticas e educacionais ocorridas naquele contexto histórico (1889-1900). Este trabalho está amparado no referencial de método na tradição iniciada por Marx, cujos subsídios partem da apreensão das múltiplas determinações da realidade para a construção de uma nova síntese. A pesquisa documental foi o ponto de partida para os procedimentos metodológicos, em que a coleta de dados foi feita nos documentos produzidos pelas instituições responsáveis pela instrução pública no Pará, como os relatórios e regulamentos da instrução pública, artigos de revistas pedagógicas e livros publicados na época. A seleção destes documentos obedeceu, primeiro, ao conteúdo referente a educação, educação física e a situação da economia e política; segundo, por serem documentos produzidos no Estado do Pará; e terceiro, pela disponibilidade no seu local de consulta, Biblioteca pública Arthur Vianna. A interpretação de dados foi realizada a partir da análise das categorias analíticas e empíricas do estudo, a fim de se formular uma nova síntese do objeto em questão. Assim realizamos um confronto dos documentos encontrados com estudos realizados desde a década de 1980, como os de Lino Castellani Filho, Carmem Lúcia Soares, Amarílio Ferreira Neto, em busca dos elementos mais simples que compuseram o objeto de investigação. Além disso, também perseguimos a identificação das contradições presentes na inclusão da educação física no Ensino Primário paraense. Nesse intento, podemos afirmar que educação física foi inserida no currículo do Ensino Primário no início do período republicano com a publicação do Regulamento da Instrução Pública de 1890, como elemento fortalecedor do físico, essencial no projeto educacional modernizador. Neste regulamento encontramos uma reformulação do nível de Ensino acima referido, que claramente estava associado às mudanças no mundo do trabalho influenciando transformações nas formas de transmissão da cultura que deveriam acontecer por meio da instrução, principalmente em sua forma pública. No caso paraense essas modificações tomaram configurações específicas tendo em vista os elementos que compunham aquela realidade concreta, no plano econômico o extrativismo do látex, no plano das relações políticas os conflitos entre grupos locais urbanos. Neste contexto, a concepção de educação física encontrava-se embasada em princípios biológicos em conhecimentos como a fisiologia na qual a ideia principal era de formar um corpo forte e saudável. Assim a educação física começou a figurar dentro do ensino primário paraense nos documentos oficias do governo e no transcorrer dos primeiros dez anos da Primeira República.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.