História Familiar Positiva de Diabetes Altera a Resposta Cronotrópica Ao Exercício Agudo

Por: Juliana Valente, Kátia de Angelis Lobo D´Avila, Marcelo Velloso Hereen, Márcio Tubaldini, Maria Claudia Costa Irigoyen e Michelle Sartori.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.17 - n.6 - 2011

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi verificar os efeitos de uma sessão de exercício aeróbio (SEA) no perfil metabólico e hemodinâmico em filhos de diabéticos do tipo II. Jovens saudáveis do sexo masculino foram divididos em dois grupos: filhos de diabéticos (FD, n = 7) e filhos de normoglicêmicos (FN, n = 7). Foram realizadas medidas metabólicas (triglicérides e glicemia) e cardiovasculares (pressão arterial, PA, e frequência cardíaca, FC) em repouso, durante e após a SEA. A SEA foi realizada em esteira ergométrica com duração de 30 minutos e intensidade progressiva. Os grupos apresentaram valores semelhantes em relação ao triglicérides, PA e FC em repouso. A glicemia de jejum do grupo FD foi maior em relação ao grupo FN (99 ± 2 versus 89 ± 2mg/dL). O grupo FD apresentou maior resposta cronotrópica no início da SEA quando comparado ao grupo FN (86 ± 4 versus 125 ± 8bpm), mas a FC foi semelhante entre os grupos nas demais intensidades. No quinto minuto de recuperação da SEA a FC foi maior no grupo FD comparado ao grupo FN (FN: 88 ± 3 versus FD: 97 ± 4bpm). A PA foi semelhante entre os grupos durante e após a SEA. Os resultados demonstram que filhos de diabéticos jovens já apresentam alterações metabólicas em repouso e resposta exacerbada da FC no início e nos primeiros minutos de recuperação da SEA, sugerindo um maior risco cardiovascular nessa população.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922011000600003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.