Histórias do Instituto de Cultura Física de Porto Alegre (1928-1937)

Por: .

135 páginas. 2011 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Este estudo histórico teve o objetivo de compreender o processo de constituição do Instituto de Cultura Física (ICF) de Porto Alegre, desde sua fundação em 1928, até o ano de 1937, quando o nome da instituição é modificado. Esta pesquisa se desenvolve dentro dos horizontes teórico-metodológicos da História Cultural, utilizando fontes impressas e imagéticas, as quais foram submetidos a análise documental. O ICF foi um espaço educacional fundado em 1928 na cidade de Porto Alegre, destinado ao ensino de práticas corporais exclusivamente femininas. Nenê Dreher Bercht e Mina Black-Eckert, foram as idealizadoras, diretoras e professoras do Instituto. De origem alemã, ambas portavam uma trajetória no cenário artístico e esportivo de Porto Alegre, que possibilitou a fundação do Instituo e a inserção das mulheres no campo das práticas corporais. Dentre as principais práticas oferecidas pelo ICF estavam a Ginástica Rítmica, Ginástica Corretiva, Ginástica Geral, Ginástica Acrobática, Plástica Animada e Estudo e Improvisação Coreográfica. Alicerçado nos discursos eugenistas e higienistas do século XX, o ICF encontrou grande divulgação na sociedade porto-alegrense principalmente através do jornal Diário de Notícias, propondo-se a desenvolver no corpo feminino a cultura física esperada da mulher moderna. Através da Ginástica Rítmica, principal prática difundida pelo espaço, propunha-se a desenvolver a feminilidade e a graça nas mulheres, bem como a correção dos desvios posturais, que as tornavam menos atraente aos olhos da sociedade. O ICF foi responsável pelo incentivo e a formação das principais precursoras da dança na cidade e, igualmente, pelo início da divulgação das aulas de Dança Clássica na capital.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.