Identidade e Rivalidade Entre os Torcedores de Futebol da Cidade de São Paulo

Por: Roberto Louzada.

Esporte & Sociedade - v.6 - n.17 - 2011

Send to Kindle


Resumo

A partir da descrição das transformações que ocorreram na cidade de São Paulo no final do século XIX e início do XX, encontram-se as condições que contribuíram para que o futebol se desenvolvesse. É nesse ambiente, também, que são encontradas as condições sociais, que permitiram compreender como se constituírama identidade dos três clubes tomados como objeto de estudo: o Sport Club Corinthians Paulista, fundado por operários; a Sociedade Esportiva Palmeiras, criada por operários de origem italiana e o São Paulo Futebol Clube que atraiu com torcedores a elite econômica da cidade. Com isso, a rivalidade entre os seus torcedores se constitui a partir de três carac terísticas distintivas: popular, italianos e elite, que refletiam a estrutura social da cidade no momento em que foram fundados. No entanto, a composição das torcidas se modifica e os dois clubes fundados por operários são os que concentram os maiores percen
tuais de torcedores das classes A e B, enquanto que o identificado como da elite é o que possui os menores percentuais de públicos dessas duas classes.
 

Endereço: http://www.uff.br/esportesociedade/index.html?ed=17

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.