Identidade Heroica e Narrativas Biográficas: a Memória do Esporte Por Atletas Olímpicos

Por: .

Olimpianos - Journal Of Olympic Studies - v.3 - n.1 - 2019

Send to Kindle


Resumo

O esporte olímpico, assim como outros fenômenos humanos, apresenta as marcas de um fenômeno complexo que se configura como social e se perpetua no atleta como o narrador de eventos que colaboram para a formação de um imaginário esportivo. Isso porque na condição de protagonista do espetáculo ele tanto é o herói de seu tempo como o anônimo em um futuro chamado pós-carreira. Colado a esse papel social distancia-se de outras identidades que o fazem cidadão ou um profissional reconhecido em alguma atividade laboral distante do esporte depois de encerrada a fase competitiva. E nessa condição, mobilizado pelas demandas do meio esportivo, o atleta se vê obrigado a desempenhar a função a ele determinado pelas instituições e patrocinadores, reduzindo seu potencial expressivo como pessoa. O objetivo deste texto é refletir sobre a trajetória de uma pesquisa que, no princípio, buscava dados e, ao se deparar com sujeitos, que não eram objetos, tornou-se um método. Para tanto, o texto apresenta a trajetória teórico-epistemológica de um processo que percorre mais de duas décadas e se apresenta vivo e em mutação.

Endereço: http://olimpianos.com.br/journal/index.php/Olimpianos/article/view/85

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.