Identidade Social e Auto Conceito do Dançarino em Cadeira de Rodas

Por: Keyla Ferrari Lopes.

132 páginas. 2011 15/04/2011

Send to Kindle


Resumo

A atualidade tem revelado dentre muitos fenômenos plausíveis de estudos, aqueles relacionados à atividade física e à pessoa em condição de deficiência. Neste sentido, este estudo busca refletir sobre a identidade social e auto - conceito do dançarino em cadeira de rodas no contexto de espetáculos abertos ao público e nas relações estabelecidas entre os dançarinos e os expectadores. Assim entende-se, para os fins propostos deste estudo, que a dança se faz relevante na medida em que cria um ambiente para a comunicação entre grupos ou identidades sociais, construídas na relação com o "outro". Como técnica de coleta de dados, realiza-se entrevistas com dançarinos atuantes em grupos e companhias de dança em cadeira de rodas, utilizando procedimentos da técnica de análise de conteúdo, a fim de levantar indicadores para análise das respostas dos dançarinos entrevistados. Por meio do material coletado nos foi possível tecer considerações sobre a identidade social e o papel social do artista dançarino com deficiência mediado pelas relações estabelecidas entre a dança, corpo com deficiência, sociedade e auto - conceito mediado pelas relações e feedbacks entre dançarinos e expectadores nos contexto dos ensaios, espetáculos e pós- espetáculos.

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=000798678&opt=1

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.