Identificação do Nível de Estresse Pré-competitivo em Equipe de Futsal Universitário do Sexo Masculino

Por: e Vinicius Barroso Hirota.

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Dentro do vasto mundo esportivo podemos levar em consideração diferentes
aspectos como o psicológico e muitas experiências podem contribuir
negativamente para o desempenho do atleta, como é o caso do estresse pré-
competitivo. Estas e outras questões são pertinentes, visto que muitos jogadores
de futsal não estão preparados para fazer parte deste circulo da competição,
fazendo com que seu desempenho esportivo seja comprometido. Dentro deste
contexto esta pesquisa se caracteriza por ser um estudo de caso (THOMAS &
NELSON, 2002), onde se buscou identificar o nível de estresse pré-competitivo.
Realizado em uma Universidade da Cidade de Santo André, ABC Paulista, o
estudo contou com a participação de uma equipe de futsal composta por 13
atletas, todos do sexo masculino, de idade compreendida dos 18 anos 23 anos
que participam de campeonatos regionais inter faculdades. O instrumento
utilizado para a coleta dos dados foi a escala LSSPCI - Lista de Sintomas de
Estresse Pré-Competitivo (DE ROSE JUNIOR, 1998), do tipo Likert, que foi
desenvolvida para identificar nível de Estresse que antecede as competições,
ou seja, o instrumento tem como regra ser aplicado 24 horas antes da
competição. Este mesmo instrumento no seu processo de validação prescreve
que pode ser ministrado para indivíduos com idade superior a 14 anos,
apresentando uma linguagem acessível. Outro fator levado em consideração
foram os resultados das competições, estabelecendo uma relação com o nível
de Estresse. Para o tratamento estatístico utilizamos o calculo do coeficiente
Alfa de Cronbach com a utilização do software SPSS - Data Editor, versão
13.0 for Windows. De acordo com os resultados obtidos o coeficiente Alfa
resultou em um valor de 0.90, nos revelando uma excelente consistência interna
dos itens, e analisando a freqüência das respostas, a média obtida pela soma
total dos itens resultou em 2,48. Levando em consideração que a pontuação
máxima de um atleta seria de 05 e a mínima de 01, nossos atletas estão entre os
possíveis resultados. Alguns dos sujeitos apresentam-se em nível de estresse
elevado mostrando em suas respostas diversos itens relacionados com o "Eu".
Podemos concluir que a equipe não obteve bons resultados nas competições
chegando somente as fazes de oitavas de final, e que devido aos resultados
obtidos com a escala de Estresse os atletas apresentam-se com alterações
significativas em seus comportamentos antes das competições.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/75_Anais_p403.pdf

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.