Identificação do Platô de Oxigênio com Diferentes Tempos de Análise

Por: Adriano Eduardo Lima da Silva, Fernando Roberto de Oliveira, Monique da Silva Gevaerd e Rômulo de Cássio M Bertuzi.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.14 - n.2 - 2006

Send to Kindle


Resumo

Pesquisas conduzidas para testar a influencia do tempo de análise na determinação doplatô de VO2 tem produzido resultados conflitantes. Assim, o objetivo do presente estudo foi verificar a influência da utilização de diferentes tempos de análise sobre a identificação do platô de VO2max em grupos de indivíduos sedentários (n=15) e fisicamente ativos (n=13). Metodologia: Os indivíduos f oram submetidos a um teste progressivo em esteira rolante com mensuração respiração a respiração do VO2. Posteriormente foram calculadas médias das últimas cinco respirações; e dez, vinte e trinta segundos. Resultados: Quando utilizados os critérios estabelecidos por Taylor et al.22(1955), o platô foi encontrado em maior freqüência nas medidas de médias das cinco últimas respirações, seguidas por 10, 20 e 30 segundos, em ambos os grupos. O modelo matemático comparando as últimas dez respirações de cada estágiodemonstrou existir uma tendência à estabilização na curva VO2-velocidade também em ambos os grupos. Conclusão: O grupo de indivíduos fisicamente ativos apresenta maiores valores de VO2 nas intensidades submáximas, entretanto, isso não foi dependente do tempo de análise. Assim, aparentemente existe uma tendência ao VO2 diminuir sua amplitude de incremento nas velocidades finais do teste. A identificação de um platô na curva a partir do critério de Taylor depende do tempo de análise utilizado. Indivíduos treinados demonstram uma tendência a exibir um maior VO2 nas intensidades submáximas, provavelmente por apresentarem um tempo de resposta mais rápido a carga

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/682/687

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.