Imagem Corporal e Dança

Por: , Claudinéia Bueno da Silva e Elaine da Silva Mendes.

Lecturas en Educación Física y Deportes - v.22 - n.238 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Nos dias atuais, o corpo se torna um objeto de consumo ou é o mecanismo pelo qual leva as pessoas ao consumo, que investem cada vez mais a cada dia para alcançar o corpo considerado perfeito. O capitalismo, juntamente com a mídia, oferece cada vez mais produtos para melhorar a satisfação com o corpo e, assim, aumenta a insatisfação consigo mesma sobre o universo que é o corpo do sujeito pensante, o que leva à alteração da imagem corporal que É definido como a maneira pela qual a pessoa percebe e sente através de seu corpo. Esta pesquisa bibliográfica teve como objetivo identificar os possíveis benefícios da dança no ambiente psicológico, corporal e emocional do indivíduo. No caso das mulheres, as pessoas que buscam a dança como exercício físico para melhorar sua auto-imagem têm uma resposta positiva a esse respeito, porque a dança trabalha com movimentos, expressão e aspectos psicológicos oblíquos que levam a modificações de dentro para fora. Dessa forma, verificamos que a dança é uma maneira de as pessoas estruturarem sua experiência e auto-aceitação através do movimento e promover a liberdade de sentimentos oprimidos, causando assim um efeito positivo na recreação positiva da imagem corporal.

Endereço: https://www.efdeportes.com/index.php/EFDeportes/article/view/291

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.