Impacto da Hidratação no Rendimento Periférico Durante Torneio de Golfe

Por: Letícia Menezes, Luciana Rossi e Mariana Davi Gomes.

Revista da Associação Brasileira de Nutrição - v.5 - n.1 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do estudo foi avaliar o impacto do consumo de água ad libitum e suplemento hidroeletrolítico, assim como mensurar a força de preensão palmar durante torneio de golfe, com a finalidade de identificar os fatores intervenientes quando do emprego de estratégia suplementar em relação à ingestão hídrica para combater a desidratação. Participaram vinte praticantes de golfe com faixa etária entre 27 a 65 anos. A avaliação antropométrica, da desidratação, da força de preensão palmar e da ingestão de água e de suplemento hidroeletrolítico foi realizada durante torneio com duração superior a duas horas em condições climáticas termoneutras. A amostra se caracterizou por apresentar sobrepeso, embora não tenha sido realizada avaliação da composição corporal para determinar os compartimentos corporais. O percentual de perda hídrica e a taxa de sudorese foram classificados de baixo impacto para alteração de força muscular durante o torneio. Notadamente a ingestão hídrica ad libitum, aliada ou não à estratégia suplementar, foi efetiva para manutenção do rendimento periférico dos competidores. Ainda há necessidade de investigações adicionais sobre o rendimento mediado por alterações centrais, importante fator interveniente na performance e na evolução individual do esporte.

Endereço: https://www.rasbran.com.br/rasbran/article/view/4

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.