Impacto da Desnutrição e do Treinamento Aeróbico Moderado Sobre a Estrutura da Parede Arterial de Ratos em Processo de Envelhecimento

Por: Belisa Duarte Ribeiro de Oliveira, Camilla Rodrigues Souza e Silva, Danielle Augusta de Sá Xerita Maux, Rita de Cássia Silva Costa, Silvana Tavares Paes, Sílvia Regina Arruda de Moraes e Vitor Caiaffo Brito.

Revista Brasileira de Medicina do Esporte - v.17 - n.4 - 2011

Send to Kindle


Resumo

Foram avaliadas as repercussões tardias da desnutrição multicarencial imposta no período de aleitamento e os possíveis efeitos e/ou alterações tanto do processo de envelhecimento como do treinamento físico aeróbio moderado sobre o diâmetro luminal e a área da túnica média da parede das artérias carótida comum esquerda, aorta horizontal e aorta torácica de ratos em processo de envelhecimento. Vinte e quatro ratos machos, Wistar, foram separados de acordo com a dieta e o treinamento físico em: GNS - nutrido sedentário, GNT - nutrido treinado, GDS - desnutrido sedentário e GDT - desnutrido treinado. Aos 10 meses, o GNT e o GDT foram submetidos ao treinamento, em meio aquático, durante oito semanas. Em seguida, os ratos foram anestesiados, sacrificados e, posteriormente, foram coletados fragmentos arteriais para o processamento histológico. A área da túnica média foi mensurada através da diferença entre as áreas externa e interna da parede arterial e o diâmetro luminal foi mensurado a partir da média de dois diâmetros medidos a partir de quatro pontos marcados na camada interna do vaso. A área da túnica média apresentou redução na aorta horizontal quando comparamos os grupos GNS x GDS (p = 0,015) e um aumento da artéria carótida comum esquerda entre os grupos GNT e GNS (p <0,001). A aorta torácica apresentou um aumento do diâmetro luminal ao compararmos o GDS com o GDT (p= 0,041). Tanto a desnutrição multicarencial induziu alterações parciais na parede aorta horizontal, como também o treinamento físico foi capaz de promover mudanças na área da túnica média da artéria carótida comum esquerda e no diâmetro luminal da aorta torácica.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-86922011000400014&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.