Impacto do Uso de Drogas na Qualidade de Vida de Usuários: Diferença Entre os Sexos

Por: Cristiana Carina de Barros Lima Dantas Bittencourt, Fernanda Souza Dantas, Jairo Calado Cavalcante, Matheus de Oliveira Veras e Tereza Angelica Lopes de Assis.

Revista Brasileira de Qualidade de Vida - v.9 - n.2 - 2017

Send to Kindle


Resumo

OBJETIVO: Avaliar o impacto do uso de drogas na qualidade de vida (QV) de usuários, identificando as diferenças entre homens e mulheres. MÉTODOS: Trata-se de um estudo de caráter transversal, exploratório e quantitativo, realizado em instituições de acolhimento a drogaditos na cidade de Maceió, em Alagoas. A pesquisa aplicou o questionário de qualidade de vida WHOQOL-bref numa amostra de 101 indivíduos, que mantinham com o álcool e/ou outras drogas uma relação diagnosticável de dependência. Para tabulação e análise dos dados utilizou-se o Microsoft Office Excel, o software SPSS versão 15 for Windows e o EpiInfo Windows Versão 3.5.4. RESULTADOS: A análise foi constituída por 51 homens (50,5%) e 50 mulheres (49,5%), com média de idade de 33,84 anos. Houve um menor índice de satisfação com os aspectos que integram os domínios meio ambiente (41,89%) e psicológico (43,77%). A autopercepção da QV foi o único parâmetro que apresentou diferença entre os sexos estatisticamente significativa, que revelou o sexo feminino com escores médios mais altos (36,0%) em comparação com o masculino (23,0%). Todos os outros parâmetros não apresentaram diferenças significativas entre os sexos. CONCLUSÕES: O uso de drogas teve impacto na QV, evidenciado pelos baixos escores obtidos pelos usuários nos domínios psicológico e meio ambiente do WHOQOL-bref. De maneira geral, a diferença entre os sexos não apresentou relevância estatística na comparação da QV entre os dependentes químicos, com exceção da autoavaliação da QV.

Endereço: https://periodicos.utfpr.edu.br/rbqv/article/view/5982

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.