Impacto do Exercício Físico nos Níveis de Homocisteína, Um Fator de Risco Para Aterosclerose: Revisão Sistemática

Por: , Ivânio Alves Pereira e Katiucia Souza de Amorim.

Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde - v.16 - n.1 - 2011

Send to Kindle


Resumo

O objetivo dessa revisão sistemática foi identificar na literatura, estudos que avaliaram os efeitos de um programa regular de exercício físico na concentração plasmática de homocisteína. Foi realizada uma busca eletrônica nas seguintes bases de dados: Medline, Ovid, PubMed, Science Direct, Scopus, Sport Discus, Web of Science, Lilacs e Scielo. Utilizou-se como descritores os termos "homocisteína" combinado com "exercício físico", sendo que este, pode ser substituído por qualquer um dos termos a seguir: "atividade física", "aptidão cardiorrespiratória", "treinamento", "aptidão" ou "redução de peso". Os respectivos termos foram traduzidos para o Inglês. Foram identificados 42 artigos no processo inicial de busca. A análise prévia foi realizada por meio da leitura dos resumos. Dos 42 artigos identificados, 35 foram descartados por não respeitarem os critérios de inclusão. Selecionou-se assim, sete estudos, os quais foram obtidos na íntegra e, após a leitura dos mesmos, todos foram incluídos na amostra final do presente artigo de revisão. Verificou-se que quatro, dos sete artigos analisados, demonstraram que houve redução significativa na concentração de homocisteína naqueles indivíduos submetidos a um programa regular de exercício físico, quando comparados aos seus controles sedentários. Assim, sugere-se que indivíduos que praticam exercício físico regularmente, parecem ter seus níveis de homocisteína significativamente reduzidos, podendo contribuir na prevenção e/ou tratamento das doenças cardiovasculares. Contudo, esses achados devem ser interpretados com cautela, devido as limitações apresentadas por essa revisão sistemática.

Endereço: http://www.sbafs.org.br/_artigos/433.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.