Implicações Políticas da Institucionalização da Deficiência

Por: Carlos Alberto Marques.

Educação e Sociedade - v.19 - n.62 - 1998

Send to Kindle


Resumo

Resumo: O investimento social no corpo põe em evidência valores estéticos e de produtividade, determinantes dos padrões de normalidade vigentes. Um corpo deficiente está fora dos padrões estabelecidos, gerando uma prática preconceituosa e segregacionista. A instituição assistencialista constitui um dos mais eficientes mecanismos de defesa da sociedade em relação aos portadores de deficiência, identificando-os e mantendo-os isolados do convívio social. Escondida atrás de um discurso de proteção e de preparação dos deficientes para uma possível reintegração no contexto social, a institucionalização da deficiência protege mais a sociedade do que seus portadores. Palavras-chave: Instituição, deficiência, sociedade

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.