Importância da Atividade Física na Minimização da Sarcopenia

Por: Daniela Fátima Tavares de Melo, Darlene Tavares, , Gisele Assis Rocha, Iris Oliveira, José Jairo Vieira, Kélvia Mirian dos Santos, Marcia Sena, Nilda Maria do Carmo, Olavo Venâncio de Almeida, Oscar Teixeira e Valdinei Oliveira.

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Introdução: A população mundial está envelhecendo o Brasil em 2020 terá a sexta
população de idosos do planeta. Junto ao envelhecimento estão vários fatores que
acometem os idosos. Principalmente a perda de massa muscular, e decréscimo da
capacidade neuromuscular. Objetivo: Este estudo tem como objetivo verificar e
comparar os efeitos que a atividade física proporciona na minimização da sarcopenia
através de programa de condicionamento físico orientado. Metodologia:A amostra
foi formada por um grupo de 23 mulheres idosas no total; sendo 10 mulheres de 60
a 64 anos,media de idade 62,2 anos; 6 mulheres com idade entre 65 a 70 anos,
media de idade 67,3; e 7 mulheres com idade variando entre 71 a 75 anos, media de
idade 72,1. Moradoras em Belo Vale MG participantes do Projeto Encontro com a
Terceira Idade (PETI). Fatores de inclusão fora: mulheres com idade acima de 60
anos inscrita no PETI.Atividades realizadas em sala ampla e arejada.Afere pressão
arterial (PA) e freqüência cardíaca (FC);alongamento dos grupos musculares, técnicas
de fortalecimento muscular com alteres e caneleiras de 0,5 a 1,0 kg. Realiza 2 sessões
de 45 a 60 minutos por semana, com 3 series 10 repetições para trabalho dos grupos
musculares.Como complemento, é trabalhado equilíbrio com uso de stepps, cones,
bastões e bolas, utilizando o treino de marcha e relaxamento. Após o termino das
atividades, afere-se a PA e FC. Quanto ao tratamento estatístico, utilizou-se
fundamentalmente os métodos estatística descritiva e da estatística de inferência,
analise de variância fatorial "Anova one way". Resultado: A FC teve diferença
significativa após execução do programa, assim como o ganho de massa muscular
também foi significativo e aumento da força também significativo. Na PA não foi
observado mudanças. Conclusão: Observou-se que a aplicação do programa de
treinamento influenciou na melhora da sarcopenia de forma significativa. Com a
aplicação de treinamento adequado, os exercícios de força em mulheres idosas, podem
aumentar em até 10% a massa muscular e em até 200% a força, em poucos meses
de treinamento. Sugeri-se que sejam aplicadas outras formas de trabalho para o
ganho do aumento da massa muscular e ganho de força.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/62_Anais_p235.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.