Inatividade Física, Comportamento Sedentário e Excesso de Peso Corporal Associados à Condição Socioeconômica em Jovens

Por: , e .

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.26 - n.3 - 2012

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho teve por objetivo verificar a associação entre fatores da condição socioeconômica com a inatividade física, comportamento sedentário e excesso de peso corporal em jovens. A amostra deste estudo foi composta por 758 sujeitos, retirada da população de jovens em condição de alistamento militar. As variáveis independentes do estudo foram: classe econômica, estado civil, escolaridade, ser trabalhador. A inatividade física, exposição ao comportamento sedentário e excesso de peso corporal foram utilizados como variáveis dependentes. Após ajuste, verificou-se associação entre a inatividade física e os indicadores de condição econômica escolaridade (RP = 1,42; IC 95% = 1,00-2,01) e ser trabalhador (RP = 1,67; IC = 95% 1,21-2,32). O excesso de peso corporal associou-se com as classes econômicas "C" (RP = 2,60; IC 95% = 1,40-4,84) e "D/E" (RP = 2,08; IC 95% = 1,26-3,44). Conclui-se que jovens com maior escolaridade e que não trabalhavam foram mais inativos fisicamente e que os que estavam em menor condição econômica mostraram-se com excesso de peso corporal.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092012000300007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.