Inatividade Física na População Adulta de Campinas, Sp, Brasil : Prevalência e Fatores Associados

Por: Izabel Lopes de Souza.

2014 11/02/2014

Send to Kindle


Resumo

A atividade física é considerada um fator protetor para uma série de doenças e de fatores de risco para doenças. Os estudos mais recentes sobre a relação entre atividade física e saúde claramente mostram a importância de se analisar seus quatro grandes domínios - o do lazer, o ocupacional, o da atividade doméstica e o de deslocamento - para se atingir a recomendação de 150 minutos por semana de atividade física moderada ou vigorosa, contribuindo para um estilo de vida saudável, prevenção do desenvolvimento de doenças crônicas e, assim, uma melhor qualidade de vida. O objetivo do estudo foi investigar a prevalência de inatividade física e os fatores a ela associados em adultos, com dados de estudo de base populacional realizado em Campinas, São Paulo, Brasil no ano de 2008. Este é um estudo transversal de base populacional, com amostra por conglomerados e em dois estágios. Para analisar a inatividade física foi usada a versão brasileira do International Physical Activity Questionnaire (IPAQ). Foram calculadas as prevalências e as associações utilizando-se o teste qui-quadrado e as razões de prevalência (RP) estimadas pela regressão de Poisson. A prevalência de inatividade física total foi de 16,3% e entre os domínios foi de 65,9% no trabalho, 68,2% no doméstico, 41,5% no deslocamento e 65,8% no lazer. As mulheres foram menos inativas no domínio doméstico e maiores níveis de escolaridade estiveram associados com inatividade em todos os domínios exceto no de lazer, cuja associação foi inversa. Esses dados caracterizam o perfil da população estudada no campo de atividade física. 

Endereço: http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=000934596&opt=3

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.