Incapacidade Funcional de Adultos no Brasil: Prevalência e Fatores Associados

Por: Keitty Regina Cordeiro de Andrade, Marcus Tolentino Silva, Maurício Gomes Pereira e Taís Freire Galvão.

Revista de Saúde Pública - v.49 - n.1 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Estimar a prevalência e os fatores associados à incapacidade funcional em adultos do Brasil.Foram utilizadas as informações do suplemento saúde da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 2008. A variável dependente foi a incapacidade funcional entre adultos de 18 a 65 anos, mensurada pela dificuldade para caminhar cerca de 100 metros e as variáveis independentes foram filiação a plano de saúde, região de residência, situação de domicílio, nível de escolaridade, renda familiar, atividade econômica, autopercepção de saúde, internação hospitalar, doenças crônicas, faixa etária, sexo e cor. Foram calculados os odds ratios (OR) brutos e seus respectivos intervalos de confiança (IC95%) e ajustados para variáveis do estudo por meio de regressão logística ordinal seguindo modelo hierarquizado. Os pesos amostrais foram considerados em todos os cálculos.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0034-89102015000100268&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.