Incidência de Lesões Relacionadas à Equipe de Basquetebol Masculina

Por: Ana Paula Uriales Garcia, Elisângela Cardoso, Heloísa Vaz, José Roberto Sartori Moreno, Juliana Bassalobre Carvalho Borges, Márcia Amália Tanaka e Tânia Escobar Gonzales.

Salusvita - v.27 - n.1 - 2008

Send to Kindle


Resumo

Este estudo relata a incidência de lesões relacionadas a atletas de um time de basquetebol masculino visando a contribuir com estudos na área da fi sioterapia desportiva. Foram entrevistados 13 atletas na faixa etária de 19 a 30 anos, em atividade no ano de 2003, sendo elaborado um questionário abordando o posicionamento do atleta em quadra, tempo de prática do desporto, período de ocorrência das lesões, tipos de lesões, regiões corporais acometidas e freqüência das lesões. O estudo revelou uma incidência de 141 lesões no período de um ano, sendo 33 na face (23,40%), 34 nos MMSS (24,11%), 63 nos MMII (44,68%), três no tórax (2,13%) e 8 na região lombar entre L4 e S1 (5,68%). Quanto à fase de ocorrência das lesões, 11 atletas (84,62%) relataram lesões durante a temporada e dois atletas (15,38%) durante a pré-temporada, sendo que 54 (38,30%) lesões ocorreram nos treinamentos e 87 (61,70%) durante os jogos. A partir desses resultados, concluiu-se que há grande incidência de lesões decorrentes da prática do basquetebol, esporte que exige constante contato físico entre os jogadores. Destaca-se a necessidade de maiores estudos nesta área e adoção de medidas preventivas visando amenizar a incidência destas lesões. Palavras-chave: Fisioterapia. Fisioterapia Preventiva. Basquete. Lesões.

Endereço: http://www.usc.br/biblioteca/salusvita/salusvita_v27_n1_2008.htm

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.