Inclusão Social de Alunos com Deficiência na Escola: Um Estudo das Aulas de Educação Física

Por: Edison Duarte.

III Congresso de Ciência do Desporto

Send to Kindle


INTRODUÇÃO: O processo inclusivo na escola não diz respeito somente à oportunidade em desempenhar as atividades propostas pelo professor em sala, mas conjuntamente participar e estruturar uma rede de relações sociais junto aos seus colegas de classe. A participação efetiva defendida pelo movimento inclusivo deve ir além dos conteúdos propostos e abranger a inclusão social da criança em seu ambiente.

OBJETIVO: O presente estudo tem como objetivo avaliar o processo inclusivo de crianças com deficiência nas aulas de educação física escolar sob o âmbito social.

 METODOLOGIA: Participaram do estudo alunos com e sem deficiência do ensino fundamental de instituição pública de ensino situada no município de Campinas-SP. Os sujeitos do estudo foram submetidos ao teste sociométrico de Moreno (1953) no início e final do período letivo. O teste sociométrico tinha como objetivo fornecer a classificação sociométrica do aluno com deficiência e suas alterações durante o período letivo. Os testes foram analisados estatisticamente a partir do teste de Shapiro-Wilk, teste qui-quadrado, teste de Wilcoxon e teste de Mann-Whitney.

 RESULTADOS: O aluno com deficiência foi classificado como mediano em ambos os testes, não se mostrando excluído socialmente junto à turma. Porém a análise qualitativa das relações estruturadas demonstra limitações por parte do aluno com deficiência em construir elações de reciprocidade com seus pares.

 CONCLUSÃO: Os resultados demonstram que a concretização do processo inclusivo de crianças com deficiência nas aulas de educação física é possível, porém os mesmos ainda encontram dificuldade para estruturação de relações de reciprocidade.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.