Inclusão Social e Pessoas Que Participam de Bailes em Uma Instituição de Longa Permanência Para Idosos

Por: Raphael Gonçalves de Oliveira.

Revista da Educação Física - UEM - v.20 - n.1 - 2009

Send to Kindle


Resumo

A proporção de idosos na população continua crescendo, mas eles ainda sofrem com a segregação social, especialmente aqueles que vivem em Instituições de Longa Permanência. Dançar está entre as atividades que eles costumam realizar, porém pouco se sabe sobre dança e idosos institucionalizados. O objetivo deste estudo foi analisar a inclusão social entre pessoas que participam de um baile em uma destas instituições. Foram observados 30 residentes e 30 visitantes, durante um ano, participando destas atividades. Os dados foram registrados em um diário de campo e foram gravadas imagens com câmeras digitais. Relações interpessoais ocorreram predominantemente entre os visitantes; os residentes realizaram poucas atividades e exerceram poucos papéis sociais. Porém, o ambiente de bailes promove manifestação de recursos e atributos pessoais que podem colaborar com a integração social de idosos, sendo necessários debates que possibilitem modificações nas atividades e nas atitudes em relação aos moradores da instituição.

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/6038

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.