Incorporação das Atividades de Controle da Dengue Pelo Agente Comunitário de Saúde

Por: Edson Mamoru Tamaki, Elenir Rose Jardim Cury Pontes, Luiza Helena de Oliveira Cazola e Sonia Maria Oliveira de Andrade.

Revista de Saúde Pública - v.48 - n.1 - 2014

Send to Kindle


Resumo

Avaliar o desempenho do agente comunitário de saúde após incorporação do controle da dengue nas suas atribuições. Comparou-se a evolução de indicadores selecionados da Estratégia Saúde da Família e do Programa Nacional de Controle da Dengue do município São Gabriel do Oeste com o de Rio Verde de Mato Grosso, município vizinho com características populacionais, socioeconômicas e estrutura de serviços de saúde semelhantes de 2002 a 2008. Os dados foram coletados dos bancos de dados municipais do Sistema de Informação da Febre Amarela e Dengue e do Sistema de Informação da Atenção Básica da Secretaria Estadual de Saúde de Mato Grosso do Sul. As variáveis selecionadas para as atividades dos agentes na Estratégia Saúde da Família foram: visitas domiciliares mensais, gestantes com o pré-natal iniciado no primeiro trimestre, crianças menores de um ano com vacinas em dia e hipertensos. Para o Programa Nacional de Controle da Dengue foram: imóveis inspecionados com Aedes aegypti e imóveis existentes não inspecionados.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0034-89102014000100113&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.