Independência Funcional de Pessoas com Lesão Medular no Proamde

Por: Patrícia Belém Melo.

11° Congresso Brasileiro de Atividade Motora Adaptada - CBAMA

Send to Kindle


Resumo

A Lesão Medular (LM) traz consigo mudanças radicais na vida da pessoa, ocasionando além das alterações na dinâmica corporal, transformações nas relações pessoais, familiares e sociais. A necessidade de avaliar o sucesso da reabilitação de pessoas com déficit motor, cognitivo e sensitivo colaborou para a criação de diversas escalas para medir a capacidade funcional, dentre elas, Medida de Independência Funcional (MIF). O objetivo desta pesquisa foi avaliar a evolução da capacidade de independência funcional de pessoas com LM atendidas pelo Programa de Atividades Motoras para Deficientes (PROAMDE) usando as fichas de avaliação da MIF no período entre 2011 a 2017. A pesquisa se configurou quanto à abordagem descritiva, objetivos exploratórios, procedimento documental, desenvolvimento no tempo transversal e retrospectivo. Os resultados desta pesquisa evidenciaram o ganho médio no escore motor após o período da reabilitação, comprovado pelo instrumento da MIF. Os resultados positivos apresentam a importância da reabilitação para a independência funcional das pessoas com LM. Após a pesquisa concluímos que a reabilitação quanto mais breve, após o agravo, é importante para ter uma evolução benéfica para o aluno e também para restabelecer sua capacidade funcional, reintegrando o mais rápido na sociedade com qualidade de vida.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.