Indicadores Antropométricos, Fisicomotores e Maturacionais de Escolares do Colégio Militar de Juiz de Fora

Por: Luciano Miranda.

74 páginas. 2018 08/07/2018

Send to Kindle


Resumo

Introdução: A avaliação do desempenho motor em escolares tem sido utilizada na identificação de talentos esportivos. Porém, existem poucos estudos sobre esta temática, e nenhum no Sistema Colégio Militar do Brasil. Objetivo: Este estudo teve por objetivo avaliar indicadores antropométricos, fisicomotores e maturacionais, investigar a proporção de talentos motores, analisar a relação entre o diagnóstico de talento motor e o estágio maturacional e comparar o perfil de alunos-atletas e não atletas do Colégio Militar de Juiz de Fora, Minas Gerais - Brasil. Metodologia: Foram avaliados 1490 escolares de ambos os sexos, de 11 a 17 anos. Aplicou-se uma bateria de testes multidimensional para avaliação do tamanho e composição corporal, flexibilidade, força de preensão manual, força explosiva de membros superiores e inferiores, velocidade, resistência aeróbica e maturação somática. Os dados foram analisados através do teste Qui-Quadrado e Análise de Covariância. Resultados: Os escolares apresentaram maior tamanho corporal, maior desempenho motor e maturação biológica discretamente avançada em relação aos dados disponíveis na literatura. Além disso, foram criados pontos de corte para oito testes relacionados com a prática esportiva, para identificar escolares com resultados muito acima da média, sendo encontrados 11% de talentos motores. Constatou-se ainda que os talentos motores foram mais frequentes nos escolares avançados biologicamente e que os alunos-atletas apresentaram diferenças significativas em relação aos não atletas, principalmente quanto ao desempenho motor. Conclusão: Conclui-se que os escolares do CMJF são maiores, mais fortes, mais resistentes e mais maduros biologicamente quando comparados aos valores de referência da literatura, e tais características acentuam-se nos alunos-atletas. Além disso, constatou-se que aproximadamente 1 em cada 10 escolares do CMJF pode ser considerado um talento motor e que este diagnóstico é mais frequente nos escolares com maturação avançada.

Endereço: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/6944

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.