Indicadores Antropométricos e Nivel de Atividade Física de Funcionários de Banco

Por: Camila F Machado, e Tiago W Hartwig.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.17 - n.3 - 2009

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve como objetivo descrever dois importantes indicadores antropométricos (índice de massa corporal - IMC – e razão cintura-quadril - RCQ) e o nível de atividade física dos funcionários de uma agência do Banco do Brasil da cidade de Pelotas, RS em um período antecedente à implantação de um programa de Ginástica Laboral. A amostra foi constituída por 55 funcionários, todos operários de um turno de trabalho com média de 8 h/dia. A avaliação do nível de atividade física foi realizada por meio do Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ). Foram classificados como insuficientemente ativos os indivíduos com nível de atividade física semanal abaixo de 150 minutos por semana. A avaliação antropométrica incluiu mensuração de massa corpórea (quilogramas) e estatura (metros). Para a medida de RCQ foi utilizada fita métrica, de material metálico. Os pontos de cortes da RCQ para homens e mulheres, respectivamente, foram de >0,95 e >0,80. Entre os 55 funcionários, 55% tinham sobrepeso e 13% eram obesos conforme classificação do IMC. No que se refere à medida de RCQ, 63,6% apresentam RCQ acima dos valores ideais, indicando risco aumentado de doenças cardiovasculares. Em relação ao nível de atividade física, 69% dos entrevistados foram classificados como insuficientemente ativos. Todos os indivíduos que apresentaram obesidade tinham, concomitantemente, os dois outros comportamentos de risco (RCQ elevada e sedentarismo). A promoção de hábitos de vida saudável é essencial para funcionários de bancos.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/964

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.