Indicadores de Aptidão Física Relacionados à Saúde em Escolares do Sexo Masculino

Por: , Cândido Simões Pires Neto e Orion Moreno Pezzetta.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.5 - n.2 - 2003

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi descrever e comparar indicadores de aptidão física relacionados à saúde em escolares do sexo masculino, entre 8 e 10 anos de idade, residentes na região urbana do município de São Luiz Gonzaga, RS. A amostra foi constituída por 457 crianças (8 anos, n=123; 9 anos, n=157; 10 anos, n=177) e foi selecionada de forma aleatória por conglomerados. As variáveis analisadas foram: a resistência muscular localizada, através do teste abdominal (máximo de repetições em um minuto); a fl exibilidade, através do teste de sentar e alcançar; a resistência cardiorrespiratória, através do teste de corrida de 9 minutos e a composição corporal, através da gordura corporal relativa (%G) e da classifi cação do índice de adiposidade. Na análise dos dados utilizou-se a estatística descritiva, teste t de Student para amostras independentes, para comparação de uma média com um valor padrão, análise de variância ANOVA one way e o teste post hoc de Tukey (p<0,05). Os resultados evidenciaram poucas diferenças nos indicadores de aptidão física relacionados à saúde em relação às idades de 8, 9 e 10 anos. A maioria dos escolares apresentou resultados superiores aos critérios da AAHPERD (1984) nos testes físicos. Apesar de 64,9% dos escolares situarem-se dentro dos níveis recomendáveis de gordura corporal (entre 10% e 20%), 24,4% apresentaram excesso e 10,8% estavam abaixo dos valores recomendados para esta variável.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/3944

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.